• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+
  • White YouTube Icon
  • White Vimeo Icon

©2018 Noeh Baby | 31 99722.0449 / 31 4042.0449  | contato@noeh.com.brCNPJ 15.668.077/0001-01

Rua Pirapetinga, 322, Loja 5 - Bairro Serra | Belo Horizonte  

Tempo de entrega estimado pelos correios

7 dicas de como ter um grupo de mães saudável!!

17.07.2019

Se no passado as mulheres mal tinham com quem conversar para compartilhar experiências, pedir ajuda ou até desabafar sobre os desafios da maternidade, hoje as mamães vivem um cenário completamente diferente. 

 

A maioria das pessoas têm acesso à internet e possui perfis em redes sociais, incluindo as mamães. Com isso, muitas se organizam e criam grupos só de mães no Facebook, WhatsApp e outras redes, tudo com o objetivo de construir uma grande rede de apoio, conversa e compartilhamento de informações. 

 

Contudo, para garantir que a participação nesses grupos seja sempre saudável, vamos listar algumas dicas, uma espécie de "Guia de sobrevivência" para grupos de mamães das redes sociais. Para saber mais sobre o assunto, continue lendo.

 

Antes de compartilhar, verifique sobre a veracidade 

Sem dúvida, esse é um dos conselhos mais importantes. Em grupos de redes sociais é muito comum a circulação de informações falsas, o que pode causar pânico em muitas mamães desavisadas. Por isso, não compartilhe nada sem antes checar os dados, ok?

 

Não acredite em tudo o que você lê

Complementando a dica anterior, mesmo que alguém de sua confiança compartilhe uma notícia, tenha sempre um pé atrás. Verifique as informações antes de acreditar em qualquer coisa.

 

Lembre-se sempre do objetivo do grupo

Um grupo de mães tem o objetivo de ser uma grande rede de apoio, para que todas tenham um lugar específico para conversar e compartilhar suas próprias experiências. Não é lugar para piadas, ofensas ou julgamentos.

 

Seja o mais objetiva possível

Conversar por mensagens de texto é bem diferente de conversar pessoalmente. Existem alguns termos ou figuras de linguagem que podem ser mal interpretados ao serem lidos por outra pessoa e usá-los em uma conversa escrita não é uma boa ideia. 

 

Em grupos, prefira sempre ser o mais objetiva possível, para não correr o risco de ser levada a mal pelas outras participantes. 

 

Use gifs, figurinhas e emojis com moderação

Seguindo o conselho do tópico anterior, objetividade significa também evitar o uso exagerado de recursos como gifs animados, figurinhas e também imagens. É preciso considerar que nem todo mundo do grupo pode gostar e que o objetivo não é humor, é o compartilhamento de experiências entre mães.

 

Fale somente o que estiver de acordo com o tema

Mensagens de "bom dia" e "boa noite" podem tumultuar o grupo e gerar notificações exageradas nos celulares dos participantes. Por isso, pense bem antes de digitar um texto. Certifique-se de que a mensagem será de fato interessante e só então clique em "Enviar".

 

Não julgue outras mães

Ao ver um comentário de outra mãe no grupo sobre algo que você discorda, não fale nada. Não julgue a forma como outras mães cuidam dos seus filhos, pois, isso é muito particular. Ofereça apoio sempre que puder, auxilie quando pedirem ajuda e tenha empatia pelas outras mulheres. 

 

E aí, mamãe, você faz parte de algum grupo de apoio de mães em alguma rede social? Gostaria de participar de um? Conte aqui nos comentários!

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Artigos Recentes
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
0